Os bastidores psíquicos do suicídio: uma compreensão psicanalítica


RESUMO

O suicídio é considerado um problema de saúde pública em escala planetária, com impactos não apenas na esfera interpessoal e familiar, como também econômica e social. Devido à sua proximidade com a finitude humana, um tema tabu na sociedade ocidental, o suicídio atrai estigmas e preconceitos que dificultam uma abordagem técnica isenta de juízos morais. Isso inibe o desenvolvimento de métodos de assistência que possam atender as necessidades do indivíduo com comportamento suicida, de seus familiares e da comunidade. Diante desse cenário, este estudo teve por objetivo apresentar uma compreensão psicanalítica do fenômeno do suicídio, fomentando reflexões que podem subsidiar os cuidados terapêuticos e as propostas preventivas e de promoção à saúde. Conclui-se que ainda persiste o enigma que sempre rondou o comportamento suicida em diferentes épocas e sociedades, como a motivação pessoal para o ato e a influência relativa de fatores emocionais, familiares, sociais e econômicos sobre sua concretização.

Acesse o artigo aqui
Olá, você pode denunciar conteúdos impróprios e nos ajudar a manter a segurança da plataforma.

Sobre este conteúdo:

Skip to content