Análise de postagens sobre suicídio e comunidade LGBTQ no Twitter


RESUMO

Antecedentes: O suicídio é fenômeno multicausal, complexo e que se diversifica conforme grupos, aspectos sócio demográficos e culturais. Indivíduos que não se identificam como cisgênero ou como heterossexuais possuem chances aumentadas de manifestar ocomportamento suicida. Objetivo: O objetivo deste estudo é analisar postagens relacionadas a comunidade LGBTQ+ e suicídio no Twitter. Metodo: Estudo de escopo descritivo e exploratório, retrospectivo com abordagem quantitativa com análise de 498 postagens em português sobre população LGBT e suicídio. As postagens foram coletadas por meio de captura de tela, transcritas, codificadas. Analisadas no SAS (Statistical Analysis System) versão 9.2. Foram utilizadas estatística descritiva, testes de associação e regressão logística múltiplacom nível de significância adotado foi de 5%. Resultados: Predominaram tweets de homens, escritos em segunda ou terceira pessoa, sem julgamento à comunidade LGBT, sem incentivo ao suicídio e sem expressão de comportamento suicida. Maioria não mencionava método ou pacto suicida e não expunham grupos sofrendo discriminação. Houve baixo envolvimento com as postagens. As críticas à comunidade LGBTQ+ foram mais expressas por homens. Postagens escritas em primeira pessoa tiveram mais chance dereceberem curtidase comentários e postagens do tipo resposta tiveram chances aumentadas de serem comentadas. Conclusões: O estudo aborda recomendações a serem consideradas na elaboração de estratégias e estudos científicos voltados para a prevençãode comportamento suicida em ambientes virtuais.


Clique aqui para acessar o Artigo Científico na íntegra

Olá, você pode denunciar conteúdos impróprios e nos ajudar a manter a segurança da plataforma.

Sobre este conteúdo:

Skip to content